Terça-feira, 4 de Setembro de 2007

'Creio que Joana foi abusada sexualmente'

"Falta a prova cabal do abuso sexual, até porque falta o corpo. Mas acredito que a Joana foi alvo de abusos e que foi morta por causa disso. Estavam lá presentes todos os indícios. São as minhas convicções e assino por baixo". Três anos depois do alegado desaparecimento da criança que os media crismaram como "a pequena Joana", dois anos após o julgamento da sua mãe e do seu tio pelo homicídio e ocultação do cadáver da criança, um ano após a decisão do Supremo Tribunal que lhes reduziu a pena de 20 e 19 anos para 16, um dos investigadores destacados para o caso, Paulo Pereira Cristóvão, dá a conhecer em livro a sua tese sobre um dos casos que mais chocou o País - e que o desaparecimento de Madeleine McCann convoca irresistivelmente.

FERNANDA CÂNCIO-DN 04/09/07

publicado por arco íris às 04:34

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 28 de Agosto de 2007

Experts Say New Alert System Needed in EU Child Searches

The EU has a lot of experience in dealing with cross-border problems. So it should come as no surprise that its efforts to solve child abduction cases should focus on cooperation and standardized search procedures.

Children and Families | 27.08.2007

Com os devidos agradecimentos à minha Amiga Verde

publicado por arco íris às 14:40

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 24 de Agosto de 2007

La policía suiza sigue la pista de la pequeña Ylenia en España

A 22 días de la desaparición de Ylenia, a la que los medios de comunicación locales llaman "la Madeleine suiza", sigue sin saberse nada de su paradero. La niña, de cinco años y medio, desapareció en un bosque cercano a Oberbüren el pasado 31 de julio tras volver a la piscina a buscar algunos objetos personales olvidados. Su presunto secuestrador es Urs von Aesch, de 67 años, quien se suicidó el mismo día de la desaparición de la pequeña.

 

El País 23/08/2007

publicado por arco íris às 06:13

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Portugal adere ao novo número verde europeu

116 000

 

 

 O Governo atribuiu ao Instituto de Apoio à Criança (IAC) o número único europeu (116 000) para a comunicação de casos de crianças desaparecidas, cumprindo assim uma directiva europeia, disse à Lusa fonte do Ministério da Administração Interna.

 

A directiva europeia de Fevereiro deste ano determina que todos os Estados-membros terão de atribuir este número até final de Agosto.

Um único número de telefone comum e gratuito permitirá aos pais, às testemunhas e às crianças o acesso rápido a um serviço de ajuda.

 

Sic 23/08/07

 

publicado por arco íris às 01:32

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

McCann Campaign May Force Law Change

The campaign to find Madeleine McCann may force a change in EU laws on sex offenders and crimes against children.

SkyNews August 23, 2007

publicado por arco íris às 01:29

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 18 de Agosto de 2007

Una habitación vacía para la eternidad

Habitaciones vacías. Teléfonos móviles que no dan señal. Objetos que recuerdan a los seres queridos que nunca volvieron. El 60% de las 15.000 denuncias por desaparición que tramita la policía cada año son de menores. Muchos terminan apareciendo al cabo del tiempo, y vivos. Otros no tienen tanta suerte, como Fernanda Fabiola, de Tenerife. Algunos, como Angustitas, Yeremi, Cristina, Sara, Josué... llevan meses, años, incluso décadas, sin regresar a casa. Se esfumaron sin dejar rastro. Sus familias viven su ausencia como una pesadilla de la que no pueden despertar. No quieren perder la esperanza de volver a ver a sus hijos y siguen esperando el milagro de que aparezcan sanos y salvos.

 

El Pais 08/07

 

Pasan los meses y nada se sabe de Yeremi

 

spain.missingkids

publicado por arco íris às 19:48

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 15 de Agosto de 2007

Opinião médica do efeito psicológico numa criança vitima de rapto

Madeleine McCann could be angry with her parents and may reject them if she is ever reunited with them, a child psychologist has warned.

by: Sky News

 

 

 

 

publicado por arco íris às 17:41

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 7 de Agosto de 2007

AOS AMIGOS QUE ME VISITARAM ONTEM

Quero agradecer e pedir que divulguem este e todos os blogues amigos que encontrarem, nunca se sabe se alguém que procuramos, algum dia nos vai encontrar, saber que precisamos dele (a), que a família o (a) ama muito, e queira dar notícias.

 

Quanto ao caso mais mediático, as últimas notícias têm-nos deixado perturbados, alguns (como eu) querem que seja mentira, outros que seja verdade, nem que seja só para dizerem: eu não te disse?

Quanto à PJ quem sou eu para avaliar? Toda a vida ouvi dizer que são os melhores do mundo, mas já mudou tanta coisa, será que eles continuam a ser os melhores? Não sei! Mas tenho o direito a ter opinião  e tenho as minhas reservas:

 

No caso Joana, nunca me conformei por não a terem encontrado.

No caso das crianças desaparecidas, acho que não se esforçaram muito por encontrá-las.

 

Mas o ser humano é assim, gosta de ter razão nem que seja pelos piores motivos.

 

Não me agrada que haja discussões ou acusações no meu blog, isso não nos leva a nada, cada um pode expressar a sua opinião livremente sem acusar o outro, as pessoas que se interessam por esta causa, podem inscrever-se na APCD e dar o seu contributo, ir estando atentas ao que se passa à sua volta, e denunciarem tudo o que parecer suspeito.

 

Eu sou pela Paz e disso não abdico.

 

Agradeço a todos a visita e comentários, e como adoro música, e não prescindo dela para manter a sanidade mental, deixo-vos no fim dos posts um video de um puto nascido em Beirute que eu admiro muito.

 

Um abraço

Graça

publicado por arco íris às 23:36

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 5 de Agosto de 2007

À procura de Ylenia

A polícia suíça mantinha ontem uma mega-operação para tentar encontrar uma menina de cinco anos e meio que desapareceu terça-feira após ter ido a uma piscina próxima da sua casa na localidade de Appenzell.

Com a Interpol já notificada, as buscas foram alargadas a Espanha, onde na localidade de Alicante residiu um suíço que poderá ter tido ligações ao desaparecimento da criança.

Correio da manhâ 05/08/07

publicado por arco íris às 22:54

link do post | comentar | favorito
Domingo, 29 de Julho de 2007

Opinião Pessoal

O Expresso na edição de 28/07/07 noticia:
- “A pedido do Expresso, e com o aval da PJ, a Scotland Yard actualizou o rosto do Rui Pedro”  
- “Margarida Sousa Uva foi convidada para presidir à Associação de Crianças Desaparecidas”
 
Quanto à primeira, só tenho a dizer que a Filomena tem sido uma lutadora e que deve merecer de todos o carinho, solidariedade e respeito.
 
No que respeita à Associação, penso que todos os sócios (onde me incluo), deveriam ser chamados a participar.
 
Não porque eu possa dar alguma ajuda substancial, ou possa assumir alguma responsabilidade, apenas posso contribuir com trabalho nas áreas de opinião, logística e administrativa, mas acho que há muita gente com vontade de trabalhar e a quem não é pedido nada, numa associação deste cariz toda a colaboração dos associados deve ser apreciada e motivada.
 
Como já referi no site próprio, para uma maior transparência, considero importante que fosse divulgada a lista dos pais das crianças desaparecidas que fazem parte da Associação, em suma, acho que deveríamos estar por dentro; sinceramente choca-me ter conhecimento das acções duma associação de que faço parte, através da comunicação social
 
Acho por isso, que deveria ser aberto um canal de comunicação entre os sócios e incentivada essa motivação, todos sabemos que o tempo vai dissipando a boa vontade e o voluntarismo, pedras base para o seu funcionamento.
Graça
publicado por arco íris às 18:10

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 13 de Julho de 2007

DIVULGAÇÃO DA LISTA DOS ASSOCIADOS DA APCD

Comentário enviado sobre a divulgação pública ou não dos dados dos Associados

 

Olá a todos.
Confesso que ao início não estava a entender o motivo porque alguns dos nossos amigos não queriam ver aqui o seu nome ligado à Associação, mas compreendo que cada um tem ainda direito à sua liberdade e a querer ou não que o seu nome seja divulgado seja onde for.
No entanto isto levou-me a pensar, porque razão os associados têm de facto que ser divulgados publicamente?
Sugiro que essa lista e tudo o que tem a ver com a Associação, seja do conhecimento apenas dos associados,e disponibilizo-me para o fazer por email, se assim o entenderem.
De qq maneira, a confrmar-se a publicação, autorizo o uso dos dados que enviei.
Um abraço

 

Para se associar:

www.ruipedro.net/APCD

publicado por arco íris às 15:21

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 12 de Junho de 2007

Ai Portugal, Portugal!

Diz-se que cada um tem o que merece

Tenho que concluir que os Portugueses não merecem mais

Somos de facto pequeninos, mesquinhos, pobres de espírito

 

Refiro-me ao site do Rui Pedro, e à Associação Portuguesa de Crianças Desaparecidas

Podemos discordar de algumas coisas, mas cabe-nos ajudar pela positiva, manifestar as nossas opiniões, colaborar, essas criticas devem ser analisadas, penso que ninguém sabe bem como fazer, mas todos iremos tentar, tentar fazer o melhor, aprender com outras experiencias, como se deve fazer com tudo na nossa vida.

 

Quantos às pessoas pequeninas, que vêm para baralhar, que não sabem respeitar os outros, gostava que fossem simplesmente ignoradas, e que ninguém perdesse tempo a responder-lhes.

 

Quanto às crianças desaparecidas menos faladas, peço que se alguém tiver conhecimento destes casos, me notifique.

publicado por arco íris às 00:13

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Junho de 2007

SERÁ QUE A DOR DOS MCCANN MERECE TRATAMENTO VIP?

É uma pergunta insistente, que se tem vindo a insinuar perante os meios colocados à disposição da família McCann: porquê tantos privilégios, quando outros na mesma situação tiveram tão poucos? Porque há-de Maddie ser tratada de forma diferente de dezenas de crianças que desaparecem todos os anos em Portugal? A recompensa por uma informação relevante já ascende aos quatro milhões de euros; o Fundo Madeleine, para ajudar nas despesas do casal, superou os 500 mil; um milionário inglês colocou à disposição dos pais um jacto privado; o governo britânico enviou-lhes um porta-voz; o papa Bento XVI concedeu-lhes uma audiência. Afinal, o que há de diferente na dor dos McCann para ela merecer tratamento VIP?

A seguir a este raciocínio vem a análise sociológica. Tudo isto só acontece porque (1) Maddie é loira e de olhos azulados, (2) um anjinho fotogénico com (3) pais que são médicos (4) britânicos, e que estavam de (5) férias no Algarve. Segundo esta teoria, é só quando se faz a conta, de 1 a 5, que o frenesim mediático em torno na criança e a comoção pública que ela gerou encontram a definitiva explicação. Certo? Certíssimo em termos da mecânica da coisa. Mas completamente errado em termos humanos.


Os McCann são católicos e há nos Evangelhos uma passagem chamada Parábola dos Trabalhadores da Vinha (Mateus 20, para quem ainda tiver Bíblia em casa). Em versão adaptada a tempos laicos: um homem saiu cedo para contratar trabalhadores para a vindima. Encontrou uns pelas oito da manhã e combinou pagar-lhes 50 euros pelo dia de trabalho. Contratou outros às 11, uns às duas da tarde, e ainda mais alguns às cinco. Acabado o dia de trabalho, começou a pagar-lhes - e a todos, quer tivessem trabalhado uma ou dez horas, pagou a mesma quantia: 50 euros. Os que tinham estado a trabalhar desde manhã não acharam graça e começaram a protestar: então nós andámos a bulir o dia todo e tu pagas-nos o mesmo que aos que só trabalharam uma hora? O homem respondeu: "Amigo, em nada te prejudico, não combinámos 50 euros? Toma o que é teu e vai. Porque há-de o teu olho ser mau por eu ser bom?"

Eis uma pergunta que ecoa desde as profundezas dos tempos: porque havemos de ter inveja dos privilégios dos outros? O mal não é que os pais de Maddie tenham este tipo de tratamento - o mal é outros não o terem. Não são eles que devem optar pela resignação pobrezinha; são os outros que deveriam ter idêntica capacidade para impor a sua presença. A luta dos McCann é dupla: contra o desaparecimento da filha do seu quarto de hotel, e contra o desaparecimento da filha da casa de todos nós. Eles sabem que a melhor forma de encontrar Maddie é mantê-la na agenda mediática. E essa clareza de pensamento vale mais do que mil lágrimas derramadas.

 

João Miguel Tavares
Jornalista
jmtavares@dn.pt

publicado por arco íris às 04:37

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 28 de Maio de 2007

http://www.ruipedro.net/

Finalmente o Rui Pedro já tem um site! Nunca ninguém até agora lhes tinha oferecido ao menos isto?
Aos Maccann já foram oferecidos dois jactos particulares, decididamente o Sol quando nasce não é para todos!
Espero sinceramente que este caso mude radicalmente tudo o que for preciso como:
- O nosso olhar para este assunto.
- A nossa atenção para o que se passa ao nosso lado.
- A actuação IMEDIATA quando for dado o Alerta com policia em todas as estradas auto-estradas e saídas do País
- A colocação de chip nas nossas crianças, porque não?
publicado por arco íris às 01:15

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 24 de Maio de 2007

E TANTOS OUTROS, ANÓNIMOS...

 

 

 

 

 

 

publicado por arco íris às 01:17

link do post | comentar | favorito

.links

.arquivos

.mais sobre mim

.posts recentes

. 'Creio que Joana foi abus...

. Experts Say New Alert Sys...

. La policía suiza sigue la...

. Portugal adere ao novo nú...

. McCann Campaign May Force...

. Una habitación vacía para...

. Opinião médica do efeito ...

. AOS AMIGOS QUE ME VISITAR...

. À procura de Ylenia

. Opinião Pessoal

. DIVULGAÇÃO DA LISTA DOS A...

. Ai Portugal, Portugal!

. SERÁ QUE A DOR DOS MCCANN...

. http://www.ruipedro.net/

. E TANTOS OUTROS, ANÓNIMOS...

blogs SAPO