.Police (00 351) 213 574 566 International Crimestoppers 00 44 18 83 73 13 36.

.ALICE.

Domingo, 2 de Dezembro de 2007

Crónicas

Aqueles miúdos não dão votos
por Hernâni Carvalho

Os jovens internados nos centro educativos não são prioritários porque não dão votos.

Os centros educativos têm um nome sonante e é tudo. Não educam, não preparam, apenas adiam. Maioria das vezes, os jovens ali internados chegam à maioridade e são detidos.

Chegados aos 18 anos, saem das pautas dos miseráveis resultados do Instituto de Reinserção Social (IRS) e entram nas prisões.

Os centros deveriam educar, reinserir e preparar para a cidadania. É uma lenga lenga que está na Lei e que é usada em inúmeros, mas inúteis, seminários pagos pelo contribuinte, que ocorrem pomposamente pelo país. São seminários dados por e para funcionários públicos. Ocorrem em horário de expediente, são pagos por todos nós, mas têm resultados nulos.

Os menores que cometem crimes são julgados pelos tribunais de Família e Menores que, em função da gravidade do delito, da personalidade do jovem delinquente e do contexto em que o crime é praticado, decretam uma medida de internamento num centro educativo.

Por cada rapaz internado num centro educativo há dois funcionários. Isto nos números. Porque no terreno há ainda menos gente. O IRS terá funcionários suficientes, mas muito mal distribuidos. O escandâlo é tal que ficaria muito mais barato interná-los em qualquer colégio europeu de primeira categoria.
É só fazer contas. Cada jovem internado custa em média 6000 euros ao Estado Português. Se fosse internado em Eaton (um dos mais caros e elegantes colégios britânicos) custaria 4000 euros e saía de lá a tocar piano, a falar francês, a saber esgrima e a andar a cavalo. Os nossos saem dos centros educativos para as prisões.
Custa mas é verdade! Há excepções. Claro. Mal de nós. Mas a regra é esta. É só consultar os números. Porque é que isto não muda?

Porque os jovens internados nos centro educativos não são prioritários. Não têm visibilidade, a maioria deles são de origem humilde, blá blá blá... Diga-se o que se disser, a verdade é outra:
Aqueles miúdos não dão votos!
publicado por arco íris às 09:17

link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De o silêncio culpado a 6 de Dezembro de 2007 às 18:51
Passei por aqui amiga para te deixar um abraço .
De arco íris a 6 de Dezembro de 2007 às 19:58
Obrigada, pensei que ías comentar o post.
Um beijo
De Silêncio Cupado a 9 de Dezembro de 2007 às 19:10
Tenho sempre alguma dificuldade em comentar um post como este, que é muito bom e que toca fundo nos vários problemas relacionados com crianças que estão em plano de desigualdade perante a vida.
Porque o problema começa a montante quando os cidadãos não têm as condições mínimas e a violência das condições de vida geram outros tipos de violência. Ninguém pode dar o que não tem e quando os pais nunca foram amados dificilmente poderão dar amor aos filhos.
A culpa está em todos nós que talvez não saibamos, ou não queiramos, fazer o suficiente. As Instituições onde os jovens são "educados" deveriam existir para casos muito especiais e estar apetrechadas com as valências necessárias para colmatar as falhas duma família que faltou. O que se verifica é que, contrariamente aquilo que deveria ser a sua missão, estas instituições têm-se revelado madrastas no pior sentido do termo. Não só falham como exploram e destroem alicerces humanos fundamentais a uma sociedade que se quer. Os fracos não têm poder reivindicativo porque já perderam quase tudo. Triste país que só houve a voz dos que têm armas para lhe fazer frente.
Um abraço
Arco Íris
De Silênco Culpado a 20 de Dezembro de 2007 às 23:52
Minha querida Arco-Íris
Um grande abraço e que o Natal seja tão bom quanto possível.
Sempre amiga
De arco íris a 21 de Dezembro de 2007 às 23:29
Obrigada pelos votos.Um Bom Natal também para si e que o novo ano lhe traga muita sude e paz.
Um beijo.
Graça
De Filipe Martins a 23 de Dezembro de 2007 às 22:14
Querida Arco-Íris
Se a ajuda saber que um amigo que não conhece está consigo pois eu aqui estou. Desejo-lhe um Bom Natal e um ainda melhor Novo Ano junto dos seus.
Abraço
De arco íris a 24 de Dezembro de 2007 às 16:29
Obrigada Filipe e Boas Festas também para si.
De Silêncio Culpado a 30 de Dezembro de 2007 às 23:05
Arco Íris
Um ano de 2008 melhor que o de 2007 e que traga tudo o que ambicionares.

Beijinhos

Comentar post

.HOJE.

.links

.arquivos

.mais sobre mim

.posts recentes

. ...

. ...

. Corpo de Carina Ferreira ...

. CARINA FERREIRA

. Folhetos distribuídos por...

. E o que se tem feito para...

. Mulher de Gonçalo Amaral ...

. ...

. Como é que se enterra um ...

. ...

. Desaparece misteriosament...

. Crónicas

. ...

. Gerry McCann's call home ...

. Kate left kids 3 hours a ...

. Nova legislação feita à m...

. Arquivado processo de abu...

. WE NEVER GOT HELP LIKE TH...

. British police attack Por...

. Refrescando as ideias... ...

. Casal McCann pronto para ...

. Uma entrevista decapitou ...

. Mais um acto da prepotênc...

. UE: Ministros da Justiça ...

. MEU LOUVOR A GONÇALO AMAR...

. Sky Special: Did The McCa...

. Associação já tem mais de...

. Photo Girl 'Not Missing M...

. "SERÁ QUE DEUS EXISTE?"

. Would an implanted chip h...

. RUI PEREIRA - FAZ HOJE 22...

. Freno al folletín de los ...

. A mãe não deitou uma únic...

. MADELEINE: THE MISSING SE...

. Código Ambar Cancelado

. Código Ambar Emitido Hoje

. Rail Death Teen's Mother ...

. Dono da Virgin oferece 15...

. Olegário queixava-se de f...

. Ylenia

. Psicólogos dizem que perf...

. A ESTRANGEIRA

. José Cabrera Forneiro, es...

. RETRATO DA FAMILIA McCANN

. A opinião de cientistas ...

. COMUNICADO DA PGR / Madel...

. PJ acredita que Kate mato...

. Caso Maddie na imprensa m...

. Perplexidades

. Críticas à PJ -

blogs SAPO