.Police (00 351) 213 574 566 International Crimestoppers 00 44 18 83 73 13 36.

.ALICE.

Quarta-feira, 12 de Setembro de 2007

RETRATO DA FAMILIA McCANN

GERRY SÓ FOI ACEITE POR SER CATÓLICO

As origens sempre foram ponto de divisão entre Kate e Gerry, a menina de famílias tradicionais e abastadas de Liverpool com um escocês de classe social inferior. Os dois cruzaram-se em Glasgow, colegas no curso de Medicina, quando Kate se hospedava em casa da tia Philomena.

Na universidade, a mãe de Maddie era conhecida “como distante e snob, fruto de uma educação muito conservadora”, adianta ao CM fonte próxima do casal. “Ele sempre foi mais sociável e subiu a pulso”.

Gerry nunca foi muito bem aceite mas tinha a favor a Igreja: “Kate e a família sempre foram ultracatólicos”, afirma a mesma fonte.

Casaram em 1999 e mudaram-se para uma pequena casa em Leicester, vizinhos dos colegas Fiona e David Payne, um dos casais com quem passaram férias na Praia da Luz. Têm a mesma idade e só não se especializaram juntos porque Kate optou por clínica geral e o então namorado decidiu-se pela cardiologia. Gerry concluiu os estudos na Holanda, onde os McCann viveram em 2003, e Maddie nasceu em Amesterdão por fertilização in vitro. Desde o início que tentavam ter filhos.

O casal voltou com a filha a Leicester e, dois anos depois, nasciam os gémeos Sean e Amelie – Gerry já estava bem colocado no Glenfield Hospital e era altura de comprar uma casa maior. Escolheram uma vivenda em Rothley, a pouco mais de dez minutos de carro, e “era ali que contavam criar as três crianças”, lamentam os amigos.

Brian Kennedy, tio de Kate, é quem está mais próximo do casal, o único a viver em Rothley. A família divide-se entre Londres, Liverpool e Glasgow, com uma das irmãs de Gerry, Philomena, a dar frequentes entrevistas em defesa do casal. Com o mesmo nome, também a tia de Kate em Glasgow está ao lado da sobrinha – quando Maddie desapareceu foi para a porta do Parlamento com um cartaz.

Durante um ano, entre Maio do ano passado e as férias no Algarve, o médico deixava os serviços de cardiologia, em Leicester, fazia os 13 quilómetros até à vila e parava a sua carrinha no largo do centro: adorava sentar-se no The Royal Oak. Mas o futebol e a conversa ao balcão do pub eram também parte das tardes ao fim-de-semana, enquanto Kate se entretinha com os filhos e passava discreta pela florista na porta ao lado. “Ela adora flores.” E foi por isso que na segunda-feira de manhã, quatro meses depois da partida para a Praia da Luz, Gwineth decidiu ir até à Orchard House com um balde cheio de rosas amarelas. Mas não passou da porta.

O casal sempre fez por uma vida discreta, virados para a Igreja, família e poucos amigos. “A Kate vinha cá muito”, adianta a florista ao CM, mas nunca foi uma pessoa expressiva. “Aquela é mesmo a cara dela. Já a filha era muito observadora, lembro-me da Maddie a brincar no passeio mesmo aqui à frente. Isto é chocante para todos nós.”

Gwineth recorda uma família de médicos “respeitada pela comunidade” Foi ela a forrar a praça de flores pelo regresso da criança. Mas hoje já não arrisca opinião sobre o crime. “Com tudo o que ouvimos era impossível não haver dúvidas...”

CM 12/09/07

 

tags:
publicado por arco íris às 14:54

link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Elisabete a 7 de Agosto de 2008 às 23:26
O processo tem q ser reaberto e levado até ás ultimas instâncias.Um crime não pode ficar impune. David Payne....e a manipulada Fiona...Gerry o pai de Maddie...Kate que fizeste á tua filha? Ou já perguntaste a david payne e ao teu marido o que lhe fizeram? Acreditas em Deus? então sê verdadeira contigo e com a memória de Maddie.

Como "dizia" o Inspector ...Aos ingleses não lhe damos mais do que lhes "devemos".
De arco íris a 11 de Agosto de 2008 às 21:46
Obrigada pelo comentario, tudo o que se tem passado com esta familia é inacreditavel, não me conformo com este desfecho, mas, afinal, no mundo de hoje, já nada nos pod surpreender, nunca pensei viver nele....

Comentar post

.HOJE.

.links

.arquivos

.mais sobre mim

.posts recentes

. ...

. ...

. Corpo de Carina Ferreira ...

. CARINA FERREIRA

. Folhetos distribuídos por...

. E o que se tem feito para...

. Mulher de Gonçalo Amaral ...

. ...

. Como é que se enterra um ...

. ...

. Desaparece misteriosament...

. Crónicas

. ...

. Gerry McCann's call home ...

. Kate left kids 3 hours a ...

. Nova legislação feita à m...

. Arquivado processo de abu...

. WE NEVER GOT HELP LIKE TH...

. British police attack Por...

. Refrescando as ideias... ...

. Casal McCann pronto para ...

. Uma entrevista decapitou ...

. Mais um acto da prepotênc...

. UE: Ministros da Justiça ...

. MEU LOUVOR A GONÇALO AMAR...

. Sky Special: Did The McCa...

. Associação já tem mais de...

. Photo Girl 'Not Missing M...

. "SERÁ QUE DEUS EXISTE?"

. Would an implanted chip h...

. RUI PEREIRA - FAZ HOJE 22...

. Freno al folletín de los ...

. A mãe não deitou uma únic...

. MADELEINE: THE MISSING SE...

. Código Ambar Cancelado

. Código Ambar Emitido Hoje

. Rail Death Teen's Mother ...

. Dono da Virgin oferece 15...

. Olegário queixava-se de f...

. Ylenia

. Psicólogos dizem que perf...

. A ESTRANGEIRA

. José Cabrera Forneiro, es...

. RETRATO DA FAMILIA McCANN

. A opinião de cientistas ...

. COMUNICADO DA PGR / Madel...

. PJ acredita que Kate mato...

. Caso Maddie na imprensa m...

. Perplexidades

. Críticas à PJ -

blogs SAPO